PARTILHAR O AMOR

A Federação é também um veículo para compartilhar o trabalho de artistas, escritores, pesquisadores,
e qualquer pessoa que tenha material relacionado com o Forró!

Se você quer que seu trabalho seja apresentado aqui ou se você também quer compartilhar o amor
por favor envie-nos um email para forrofederation@gmail.com

Cursos online de Forró

Lojas de Forró

Forró Podcasts

Música de forró

Bandas Viajantes

Forró de KA

Trio Alvorada

DJs viajantes

Forró em Vinil

Dj âMy B.

Spotify playlists by

forrowelt

Ehsan

Rádio

Forro Tradicional

LIVROS

Marcelo, C., Rodrigues, R. (2012). O Fole Roncou! Uma Historia do Forró. Rio de Janeiro: Zahar.

Marcelo, C., Rodrigues, R. (2012). O Fole Roncou! Uma Historia do Forró. Rio de Janeiro: Zahar.

Draper III, J.A. (2010) Forró e Regionalismo Redentor do Nordeste Brasileiro: Música Popular em uma Cultura de Migração. Nova York: Peter Lang Publishing

Oliveira, S. C. de. (2013). Forró: a codificação de Luiz Gonzaga = Forró: a codificação de Luiz Gonzaga. CEPE.

Dreyfus, Dominique (2012). Vida do viajante: a saga de Luiz Gonzaga. São Paulo: Editora 34; 3ª edição

Silva, Expedito Leandro (2003). Forró no Asfalto: Mercado e Identidade Sociocultural. São Paulo, Annablume/Fapesp

Rodrigues, Luiz (2019). A Mistura do Forró: Dos sanfoneiros aristocratas aos vocalistas nulos. Publicação Independente.

Santana, Aparecido e Dias, Leonardo (2021). Oxente Music: “A história de sucesso do forró eletrônico”. Editora Viseu.

Mais: Silvers, M. B. (2018). Vozes da seca: a política da música e do meio ambiente no Nordeste do Brasil. Imprensa da Universidade de Illinois.

Filmes e documentários

Estradar (2019)

Dominguinhos Canta e Conta Gonzaga

Minidocumentário Veia Nordestina – Mariana Aydar – Episódio I

Minidocumentário Veia Nordestina – Mariana Aydar – Episódio II

Minidocumentário Veia Nordestina – Mariana Aydar – Episódio III

Por Amor ao Forró

Documentário Forró, Minha Vida

Artigos

Fernandes, A. (2006) ‘O Paradoxo de Ana: Música e Dança – Uma Proposta de Compreensão desta Relação’, Revista de História e Estudos Culturais, 3(4), 1-17.

De Quadros Junior, A.C., Fontes, E.C., Dias, R., Volp, M.C. (2009) ‘Characterisation of the Xote and the Baiao danced in the State of São Paulo’, Movimento, 15(3), 233-47.

De Quadros Junior, A.C., e Volp, J.C.M., (2005) ‘Forró Universitário: a tradução do forró nordestino no sudeste brasileiro’, Departamento de Educação Física UNESP, 3(4), 127- 130.

Dias, I. e Dupan, S. (2017) O que é Forro? Uma Introdução à História do Forró, Universidade Estadual da Paraíba. –> Inglês / Português

dissertações de doutoramento

Loveless, M.M. (2010) A tradição inventada do forro: Uma etnografia de ‘raízes’ musicais brasileiras, tese inédita (Ph.D.), Universidade de Harvard.

Fernandes, A. (2005) Music, Migrancy and Modernity: Estudo do Forró Brasileiro, tese inédita (Ph.D), Universidade Federal de Uberlândia e Universidade Estadual de Campinas.

tese de mestrado

Graf, S. (2019) Embracing Community and Connection: An Ethnographic Account of Forró in Brussels (Não publicado, para cópias e-mail sonja.h.graf@gmail.com):

Markmiller, R. (2020) Konvivialität im Forró: Eine Analyse des konvivialen Miteinanders in der Forró-Szene in Berlin